PRECISAMOS FALAR SOBRE PECADO

Falar de pecado pode estar meio fora de moda em algumas "igrejas" triunfalistas, mas falar de pecado é crucial no Evangelho de Cristo. A missão do Espírito Santo, quando anunciamos o Evangelho conforme Cristo nos ordenou, é justamente nos convencer do pecado, da justiça e do juízo (João 16:7,8). O pecado é o ponto de partida para que possamos perceber a necessidade de salvação. Mas como o pecado surgiu? Por que ainda hoje sofremos suas consequências? Como e quando isso terá um fim?


O PECADO ORIGINAL

No princípio toda a criação era boa, até que o mal surgiu em Satanás. Orgulhoso, ele decidiu que queria construir seu trono acima de Deus, e para isso convenceu cerca de um terço dos anjos a apoiá-lo. (Isaías 14:12-15; Ezequiel 28:17-18). Após perder a batalha celestial e ser expulso, Satanás se volta para a coroa da criação de Deus, o homem, prometendo destruir a raça humana (Apocalipse 12:4). Com toda a sua sabedoria e astúcia, disfarçou-se de serpente e lançou sua armadilha sobre Eva, contra-argumentando o que Deus havia dito (como fez com Jesus, e como faz conosco), convencendo-a a provar do fruto proibido e a dividi-lo com Adão, consumando assim o ato do pecado original humano (Gênesis 1, 2, 3; Apocalipse 12:9; 20:2), a desobediência.

Graças ao pecado de Adão, toda a natureza foi corrompida (Gênesis 3:16-19), sofreu e ainda sofre suas consequências, sujeitos a vaidades (Romanos 8:20-23), separados de Deus (Romanos 3:23), destinados a morte (1 Coríntios 15:21).

AS CONSEQUÊNCIAS DO PECADO HOJE

Certa vez ouvi uma explicação sobre o pecado que achei muito simples e pertinente... Imagine uma forma de bolo que produz bolos perfeitos, mas por alguma razão essa forma sofre uma queda e é danificada, uma vez amassada, ela só produzirá bolos amassados. Assim é o pecado, já nascemos "marcados" por ele. Podemos observar a aparência do pecado já em uma criança, bem cedo, e isso prova que a depravação da natureza é herdada. Observe uma criança quando sua razão começa a se manifestar, ela já se expressará mentindo, demonstrando orgulho, já demostrará uma inclinação natural à se vingar, invejar, agredir... Uma criança peca sem que ninguém a ensine.

O pecado original causou a depravação total da humanidade, por isso o homem já nasce morto espiritualmente, tem prazer em tudo aquilo que Deus abomina. Somos perversos, imorais, egoístas, mentirosos, gananciosos, soberbos, vaidosos, facciosos, hipócritas, idólatras, adúlteros, depravados ou corruptos em todos os aspectos do nosso ser, guiados por nossa mente e coração, ainda hoje diretamente influenciados por Satanás, odeiam a Deus e todas as suas leis. O ato de transgredir as leis de Deus é somente uma parte mínima do pecado. Precisamos ser ensinados a fazer o bem, e precisamos nos esforçar consideravelmente para conseguir. Por tudo isso, não merecemos a salvação, e exatamente por isso ela é um presente de Deus, aos que creem (Efésios 2:8,9).

ENTÃO, COMO VENCER O PECADO?

Por nossas próprias forças é impossível, mas Deus providenciou um escape. A Bíblia nos conta que sem derramamento de sangue não há remissão de pecados (Hebreus 9:22; Levítico 17:11), por isso na Velha Aliança eram necessários os sacrifícios de animais. O cordeiro perfeito sacrificado na festa da Páscoa era um símbolo direto do Cordeiro de Deus que ainda viria e se sacrificaria, uma vez por todos (João 1:29; 1 Pedro 1:19). O próprio Deus se rebaixando em forma humana, se sacrificando por nós.

Filipenses 2:5-11 diz: "Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, o qual, tendo plenamente a natureza de Deus, não reivindicou o ser igual a Deus, mas, pelo contrário, esvaziou-se a si mesmo, assumindo plenamente a forma de servo e tornando-se semelhante aos seres humanos. Assim, na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, entregando-se à obediência até a morte, e morte de cruz. Por isso, Deus também o exaltou sobremaneira à mais elevada posição e lhe deu o Nome que está acima de qualquer outro nome; para que ao Nome de Jesus se dobre todo joelho, dos que estão nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai."

O único homem livre do pecado desde Adão foi o Senhor Jesus Cristo, a providência divina para a reconciliação entre Deus e o homem, pois seu nascimento não foi de acordo com a lei da geração natural, mas um ato milagroso da parte de Deus Pai. Jesus Cristo foi gerado pelo Espírito Santo no ventre de uma virgem, para vir ao mundo sem pecado. O cordeiro perfeito, sem mancha, o único caminho à Deus. Por nossos pecados e delitos somos merecedores da condenação divina, mas através da fé no sangue de Cristo, o nosso cordeiro pascoal, alcançamos a redenção.


Hoje, uma vez lavados pelo sangue do cordeiro, precisamos empregar força para vencer o pecado, e nos mantermos limpos, santos, até que Cristo venha, ou nos leve, mas um dia nosso Senhor Jesus destruirá de uma vez por todas, o pecado, a morte e o inferno, e seremos totalmente livres de todo o mal.

Fonte: palavraprudente.com.br

25 visualizações
SEJA BEM-VINDO (A)!

Somos cristãos, evangélicos, protestantes, o 'povo da Bíblia', então é claro que aqui você terá uma visão doutrinária de acordo com esse direcionamento. Este blog nasceu com o objetivo de abordar assuntos atuais diversos.

Sejamos edificados!

DESTAQUES
CATEGORIAS
INSCREVA-SE

Sobre nós

Somos evangélicos, ou protestantes, ou o povo da cruz, ou o povo da Bíblia, mas acima de tudo, somos cristãos. O blog "A Luz do Evangelho" nasceu...

No que cremos

1. Deus: Cremos em um só Deus, que se manifesta em três pessoas igualmente divinas: Pai, Filho e Espírito Santo...

Nas redes

  • YouTube
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco

© 2020