BOAS OBRAS: FAZEMOS PARA SER, OU FAZEMOS PORQUE SOMOS?


Se um amigo lhe da um presente bem valioso sem razão, simplesmente do nada, você sem dúvida ficará grato e se sentirá amado, mas logo logo, buscará presentear a pessoa de volta, não é verdade? Nos sentimos na obrigação de retribuir. Pois é, é dessa forma que agimos para com o Senhor.

Nosso eu faz com que pensemos que precisamos fazer algo para sermos aceitos pelo Senhor, pois é estranho o fato do favor imerecido. Queremos ser merecedores da graça e da salvação, mas a Palavra de Deus diz em Efésios 2:8 diz: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.”

Logo, você não precisa fazer algo, pois Jesus já fez o que precisava ser feito, seu papel é somente crer. Agora amado, remido, nova criatura, você faz porque é, pois o Espírito que habita em você, lhe direciona a fazer e a amor a vontade do Pai. Quanto mais em Deus estamos, mais desejaremos ajudar o próximo, porém é possível praticar a caridade sem Deus. Aí mora um grande perigo, a soberba.

Graça é favor imerecido, logo, tudo que você venha fazer para retribuir, ainda não pagará o preço do derramamento de um sangue tão precioso e justo para nos redimir. Por isso a salvação não é adquirida por mérito próprio.

“Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo.” Romanos 10:9:

“E que amá-lo de todo o coração, e de todo o entendimento, e de toda a alma, e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios.” Marcos 12:33

A fé e o amor são a base do nosso relacionamento com Deus e com o próximo, mas são duas coisas bem difíceis de se praticar. É mais fácil dar esmolas, dar oferta, limpar a igreja, dar cesta básica aos necessitados, pois mas amar a Deus como Ele deseja, implica em renúncia. Implica em se diminuir, em ser pequeno, em ser dirigido pelo Espírito Santo, e isso se resume muitas vezes em abrir mão de nós mesmos. Suportar a afronta, perdoar o imperdoável, se humilhar... Não é fácil ser Cristão!

As nossas boas obras serão provadas pelo fogo, e elas só serão aprovadas, se aquilo que fazemos, fazemos como se fosse para Deus, se fazemos guiados pelo Espírito Santo, se fazemos por amor ao Senhor antes de tudo. Agora, se o que fazemos para sermos reconhecidos, vistos, merecermos, buscamos a auto expiação, rejeitando assim o sacrifício de Cristo. Isso é vaidade, já dizia Salomão!

Muitas pessoas não querem estar sentado no banco da igreja, querem fazer coisas, serem ativos. As vezes até com o desejo correto, evangelizar, cuidar, mas de nada adianta se não forem guiados pelo Senhor. (Leia nosso artigo sobre ativismo religioso https://www.aluzdoevangelho.com/single-post/2016/04/22/ATIVISMO-RELIGIOSO).

Você pode pensar: Ser guiado pelo Espírito Santo é conversa de quem não quer fazer, mas se lembre, a obra do Senhor é completada por Ele, o esforço individual sem a ajuda do Espirito Santo, é só nosso esforço, é vaidade. Buscar direção do Espírito Santo não é sinal de omissão, é sinal de submissão, pois fazer algo que Deus não quer que seja feito, é desobediência.

As crise vem pois desejamos fazer o que está no nosso enganoso coração, e não no que o Senhor nos chamou para fazer. Ao invés de fazermos o que somos chamados, nós queremos preencher os buracos, nos colocando no lugar de Deus. Jesus mostrou isso em Mateus 9:37-38 que diz: “Então, disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros. Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara.”

No contexto do capítulo 2 de Atos a igreja crescia pela provisão do Senhor:

“E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.”

A seara é do Senhor, a igreja é do Senhor, os salvos em Cristo são do Senhor. O que então te leva a pensar que você precisa preencher buracos? Que você precisa fazer algo que não foi chamado, porque não tem ninguém pra fazer? Que você precisa fazer o que gosta, e não o que o Senhor quer que você faça?

Em Efésios 4:11-14 a Palavra do Senhor vem nos dizer mais uma vez Ele é quem chama, é ele quem da.

“E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.”

Os Espiritas fazem as boas obras para serem criaturas melhores, para evoluírem espiritualmente, o nome disso é auto expiação, pois eles não creem que Jesus é o Cristo e que morreu e ao terceiro dia ressuscitou. São ricos em boas obras, mas não creem em Deus como uma pessoa com vontade e soberano sobre o mundo e sobre as criaturas que Ele criou, não creem que Jesus é Deus e ressuscitou dos mortos. Logo, eles fazem para ser e, conforme a Palavra de Deus, sua fé é vã. Leia 1 Coríntios 15:17.

Os que são do Senhor fazem pois já são. Precisamos entender que nada que venhamos a fazer vai nos melhorar a ponto de sermos mais santos, pois o Senhor nos diz que se fizermos tudo o que nos for mandado somos servos INÚTEIS, porque fizemos somente o que devíamos ter feito (conforme Lucas 17:10).

Busque fazer e faça, mas aquilo que o Senhor te chamou, pois haverá um dia que havemos de dar conta daquilo que o Senhor nos mandou fazer, e não daquilo que estava no nosso coração e achamos que era pra ser feito. Se lembre da parábola dos talentos.

A dificuldade agora é saber o que o Senhor te chamou pra fazer, então se coloque na presença Dele, busque direção Dele e receba a orientação Dele.

Abunde em boas obras, mas que sejam no Senhor e para o Senhor!

Deus abençoe.

SEJA BEM-VINDO (A)!

Somos cristãos, evangélicos, protestantes, o 'povo da Bíblia', então é claro que aqui você terá uma visão doutrinária de acordo com esse direcionamento. Este blog nasceu com o objetivo de abordar assuntos atuais diversos.

Sejamos edificados!

DESTAQUES
CATEGORIAS
INSCREVA-SE

Sobre nós

Somos evangélicos, ou protestantes, ou o povo da cruz, ou o povo da Bíblia, mas acima de tudo, somos cristãos. O blog "A Luz do Evangelho" nasceu...

No que cremos

1. Deus: Cremos em um só Deus, que se manifesta em três pessoas igualmente divinas: Pai, Filho e Espírito Santo...

Nas redes

  • YouTube
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco

© 2020