© 2019

  • YouTube
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco

Sobre nós

No que cremos

Somos evangélicos, ou protestantes, ou o povo da cruz, ou o povo da Bíblia, mas acima de tudo, somos cristãos. O blog "A Luz do Evangelho" nasceu...

1. Deus: Cremos em um só Deus, que se manifesta em três pessoas igualmente divinas: Pai, Filho e Espírito Santo...

Nas redes

AS PEDRAS GUIA DA GEÓRGIA - OS 10 MANDAMENTOS DO ANTICRISTO

10.10.2015

Quando dizem que Satanás é o maior imitador das coisas de Deus e o pai da mentira... Aqui temos um belo exemplo, seguindo o modelo dos 10 mandamentos de Deus escritos em pedra e dados à Moisés, as Pedras guia da Geórgia (Georgia Guidestones) formam um monumento todo em granito localizado no Condado de Elbert, Geórgia, Estados Unidos, um local bem isolado em meio a zona rural. Nele estão gravados dez frases em oito línguas modernas: inglês, espanhol, suaíli, hindu, hebreu, árabe, chinês e russo, e uma pequena mensagem, no topo, escrita em quatro antigas línguas: babilônio, sânscrito, grego e em hieróglifos egípcios.

 

 A estrutura também é chamada de "American Stonehenge" (Stonehenge Americana). [Vale lembrar aqui que o Stonehenge é um antigo altar de rituais ocultos de magia e fogo. Sempre ligados ao sol e ao esoterismo. Pesquise e veja você mesmo!]

 

É composta por seis pedras de granito dispostas da seguinte forma: uma pedra no centro com quatro pedras ao redor, em posições verticais, além de uma pedra à cima das cinco, em posição horizontal. Estas placas de granito estão astronomicamente alinhadas. Em adição a esta estrutura, há uma placa (horizontalmente disposta, isto é, no chão), também de granito, que fica a oeste deste monumento e tem o objetivo de fornecer algumas notas sobre a história e a finalidade das Pedras Guia (Guidestones).


O monumento mede  19 pés e 3 polegadas (5,88 metros), utilizam 951 pés cúbicos (26,93 m3) de granito e todas as seis pedras juntas pesam mais de 119 toneladas.

O detalhe mais surpreendente do monumento não é, porém seu tamanho, mas as mensagens gravadas nele: Dez regras para uma "Idade da Razão". Estes guias tocam em assuntos que estão associados diretamente com a chegada do governo do anticristo ou o que chamamos de "Nova Ordem Mundial", incluindo a redução drástica da população global, um governo único mundial, a introdução de um novo tipo de espiritualidade, e o controle total de tudo centralizada em uma só pessoa.

 

A lenda sobre a construção do local começou quando em junho de 1979, um desconhecido sob o pseudônimo de R.C. Christian contratou a empresa Elberton Granite Finishing para que construíssem a estrutura. Especula-se que as iniciais R e C significam a ordem Rosa-Cruz, fraternidade que teria suas origens no personagem mítico do século XIV Christian Rosenkreuz, chamado também de Irmão C.R.C.

O fato é que os criadores do tal monumento pediram para permanecerem totalmente anônimos e, até agora, o anonimato foi devidamente preservado. No entanto, este misterioso grupo deixou um texto explicando o raciocínio por trás das regras. Com esta nova informação, o propósito por trás das Pedras Guia torna-se muito claro, deixando pouco espaço para hipóteses. As Pedras Guias descrevem o mundo ideal, como o previsto por sociedades secretas ocultistas. O monumento é, portanto, prova de uma ligação existente entre as sociedades secretas, a elite mundial e a criação de uma Nova Ordem Mundial.


O Sr. R.C. Christian disse que representava um pequeno grupo de americanos leais [mais conhecidos como "a elite"] que vivem fora de Geórgia e que desejavam permanecer no anonimato para sempre. Ele contou aos construtores que os patrocinadores tinham planejado o monumento por anos e que os dez pontos das Pedras Guia eram um apelo a todos os povos para preservar a humanidade e o planeta.

O local escolhido deveria ser remoto e longe dos turistas das cidades locais. Além da fartura de excelente granito (um dos materiais mais usados para lápides), clima e localização, o Sr. Christian disse que a escolha era também pessoal. Sua bisavó tinha nascido na Geórgia.

 

 

As Pedras Guia da Geórgia foram inauguradas em março de 1980, com a presença de 100 pessoas. A propriedade do terreno onde se encontram os monumentos é obscura. No registro de imóveis do condado de Elbert indica que o próprio condado teria comprado o terreno de cerca de 2 hectares onde está localizado o monumento em 1º de outubro de 1979 ao custo de US$ 5 mil.

 

 

O Monumento

 

Feitas de granito azul pirâmide, as Guias da Geórgia são destinadas a resistirem ao teste do tempo e comunicarem o saber em vários níveis: filosófico, político, astronômico, etc. Consiste em quatro grandes blocos de pedra, que contêm dez guias para a vida, em oito idiomas.
As quatro pedras grandes estão dispostas em uma "roda de pás" gigante de configuração que são orientadas para os limites de migração do sol durante o decorrer do ano e também mostra as posições extremas do nascer e pôr do sol no seu ciclo 18,6 anos. A pedra central tem duas características especiais: primeira, a Estrela do Norte (Ursa Menor) está sempre visível através de um furo especial perfurado do Sul para o lado Norte da pedra centro, A estrela foi escolhida para simbolizar constância e a orientação com as forças da natureza. Em segundo lugar, outra "janela" se alinha com os solstícios e equinócios (eventos que marcam os inícios das estações). Esta janela faz que o sol brilhe para indicar o meio-dia em uma linha curvada.

 

 

Tábua de instruções das Pedras Guia da Geórgia

 

 

Além das inscrições existe uma tábua de instruções cravada no chão próxima ao monumento. A tábua identifica a estrutura, características astronômicas, patrocinadores (identificados na tábua apenas como “Um pequeno grupo de americanos que procuram a idade de razão”) e as línguas usadas nas Pedras Guia da Geórgia. 

 

O mais intrigante são os dados de uma cápsula de tempo enterrada sob a tábua com espaço para preenchimento de quando a data foi/será enterrada e quando deve ser reaberta. A cápsula foi ou será enterrada conforme a instrução da tábua “ a seis pés abaixo deste ponto”. Cápsula do tempo é um recipiente completamente fechado para guardar mensagens e objetos para ser encontrados por gerações futuras.

 

 

Os 10 Mandamentos da Nova Era

As dez guias para uma nova "Idade da Razão" são as seguintes:

 

 

1. Manter a humanidade abaixo de 500.000.000 em perpétuo equilíbrio com a natureza.
2. Controlar a reprodução sabiamente - aperfeiçoando as condições físicas e a diversidade.
3. Unir a humanidade com um novo idioma vigente. 
4. Controlar a paixão - fé - tradição - e todas as coisas com razão moderada.
5. Proteger povos e nações com leis e tribunais justos. 
6. Permitir que todas as nações regulem-se internamente, resolvendo disputas externas em um único tribunal mundial.
7. Evitar leis insignificantes e governantes desnecessários. 
8. Equilibrar direitos pessoais com deveres sociais.
9. Valorizar a verdade - beleza - amor – procurando a harmonia com o infinito. 

10. Não ser um câncer sobre a terra – Deixar espaço para a natureza.


O primeiro "mandamento" é particularmente chocante. Vários defensores de um Governo Mundial defendem a redução da população e o controle da natalidade. Os mesmos grupos são acusados de fomentar a histeria do Aquecimento Global para incluir mais e mais taxas, para concluir seu objetivo de acabar com a soberania dos países. Este “mandamento” além de “pedir” uma redução dos atuais 7 bilhões de seres humanos para apenas 500 milhões, pede que isto seja feito em harmonia com a natureza.
Há um claro consenso entre a elite mundial que a superpopulação é a causa principal dos problemas mais importantes que o mundo enfrenta e que algo precisa desesperadamente ser feito sobre isso. Eles realmente acreditam que os seres humanos são uma praga sobre a terra e que vão, literalmente, destruir o planeta. Para a elite, tudo, desde o aquecimento global até os problemas de crescimento econômico estão diretamente ligados a falta de controle da população. 
Eles alertam que, se nada for feito a respeito da explosão populacional, estaremos diante de um futuro cheio de pobreza, guerra e sofrimento em um  planeta desolado.

 

A segunda regra ("Controlar a reprodução sabiamente - aperfeiçoando as condições físicas e a diversidade."), basicamente,  fala da inferência do "novo" governo na gestão de unidades familiares. Seria também a criação de leis que estruturam políticas de restrição ao número de filhos e incentivo ao aborto. Além disso, "a diversidade e melhoria da aptidão" pode ser obtida através da "criação seletiva", ou a esterilização dos membros indesejáveis ​​da sociedade. Isto costumava ser chamado de "eugenia" , até que se tornou politicamente incorreto por causa do nazismo.

Uma tecnologia genética desenvolvida pelos chineses e recentemente divulgada possibilitará está seleção em laboratório.

 

O terceiro "mandamento" urge a criação de um novo idioma, que poderá ser seguido por apenas um grupo, um povo. 

 

O quarto mandamento pede o domínio da razão sob todas as formas abstratas. O controle da fé, tradição, paixão foi testado em regimes autoritários, onde o Governo controlará tudo e a todos, inclusive garantirá que os seus sentimentos sejam supervisionados em nome do bem comum (veja mais sobre o controle da mente aqui).

 

O quinto e o sexto mandamento pedem a proteção de povos e nação em cortes mundiais, com direito a autonomias insignificantes. Para os críticos das pedras os exemplos destas “proteções” e “liberdades” já ocorrem nos países que foram invadidos para a própria proteção e novos povos que precisam, sem querer, de uma corte mundial para o seu próprio bem.

 

Aparentemente a burocracia é o que deve ser combatido no sétimo mandamento. Entretanto, esta pode significar a solicitação de um Governo Mundial para combater os gastos desnecessários de leis, governos, e, conseqüentemente, emissão de monóxido de carbono! 

 

O oitavo mandato é bastante claro. Todos os governos autoritários se definiram como agentes do bem-estar social. O balanceamento entre os direitos pessoais e deveres sociais indicam que há uma desproporção e, logicamente, a balança penderá para o seu dever com a sociedade. Não espere que eles admitam que você paga impostos em excesso e que seus direitos pessoais serão aumentados. O aumento dos deveres sociais significarão trabalhos forçados, campos de concentração e aumentos de taxas para tornar a sociedade mais “justa”.

 

A harmonia com o infinito que fala o nono parágrafo está relacionada com o seu dever com a natureza. Mesmo que os maiores expoentes da luta pela natureza gastem em média 20 vezes mais de energia elétrica em suas mansões, é o cidadão comum que terá de economizar luz, água e será sobretaxado para ajudar a combater as mudanças climáticas. Deve-se valorizar a verdade, mas qual verdade? Deve-se valorizar a beleza? Mas qual beleza eles se referem? A beleza dos padrões da eugenia que levou a morte milhões de pessoas indefesas?


O último mandamento faz um elo com o primeiro. A ideia é que nós seres-humanos somos o câncer do planeta e que devemos ser reduzidos em quantidade para que a “natureza” tome conta. O ser humano visto como um mal a ser aniquilado é transmitida diariamente para conquistar corações e mentes. O propósito é que aceitemos que devemos ser eliminados para que uma pequena elite controle todo o planeta numa ditadura global que trará escravidão para quem sobreviver em nome da harmonia com o planeta. É particularmente perturbador como ele compara a vida humana a um câncer. Com este estado de espírito, é fácil racionalizar a extinção de quase toda a população mundial.

 


Explicações Diretamente dos Autores Anônimos


Desde a construção do monumento em 22 de março de 1980, vários autores e pesquisadores têm tentado interpretar a lógica por trás dessas dez orientações. Será que elas realmente consistem em um plano para uma Nova Ordem Mundial? Elas são simplesmente regras para se aplicar em caso de uma grande catástrofe? O melhor lugar para obter uma resposta precisa é perguntar aos autores das próprias regras. Contudo, uma vez que eles optaram por permanecer no anonimato, é impossível fazê-lo. 
Eles, no entanto, deixaram uma declaração muito importante, que tem sido negligenciada por quase todos os pesquisadores das Pedras Guia. Este texto surpreendente, que descreve seus motivos em grande detalhe, só pode ser encontrado em O Guia das Pedras Guia da Geórgia, um panfleto criado pela Companhia de granito, que produziu o monumento.

 

Desde o início, é óbvio que os autores do monumento procuram buscar a criação de uma Nova Ordem Mundial. Esta não é uma "teoria da conspiração" ou hipótese. Está escrito em termos claros e inequívocos. Então aqui está, diretamente da caneta dos autores secretos, parte das explicação das 10 regras das Pedras Guia.


"É muito provável que a humanidade já possua o conhecimento necessário para estabelecer um governo mundial eficaz. De forma que esse conhecimento deva ser amplamente semeado na consciência de toda a humanidade. Muito em breve os corações de nossa família humana deverão ser tocados e aquecidos de modo que irão acolher uma regra global da razão."

 

 "A consciência de grupo de nossa raça é cega, perversa e facilmente distraída por trivialidades, quando deveria estar focada em fundamentos. Estamos entrando em uma era crítica. Pressões populacionais em breve criarão crises políticas e econômicas em todo o mundo. Estes fatos tornarão mais difícil e ao mesmo tempo mais necessária a construção de uma sociedade mundial racional."

 

 "Um primeiro passo será convencer o mundo a duvidar que a sociedade da forma como está estruturada agora, é viável. Vamos insistir com os apelos duradouros à razão coletiva da humanidade. Vamos chamar a atenção para os problemas básicos. Vamos estabelecer prioridades adequadas. Devemos reivindicar a nossa casa aqui na terra antes de alcançar as estrelas."

 

"A mente humana está agora despertando de sua força. É o veiculo mais poderoso alcançado no desenrolar da vida em nosso planeta. Devemos conscientizar a humanidade para a aceitação da razão, de forma compassiva e esclarecida, vamos controlar o nosso destino, dentro dos limites inerentes à nossa natureza."

 

"É difícil semear a sabedoria nas mentes humanas fechadas. Inércias culturais não são facilmente superadas. Eventos mundiais que se desdobram e as tristes estatísticas de nossa raça, demonstram as deficiências das agências tradicionais em governar os assuntos humanos."

 

"Com esse sistema podemos eliminar a guerra, nós poderíamos fornecer a todas as pessoas uma oportunidade para buscar uma vida de propósito e realização. Existem alternativas para o Armagedom. Elas são atingíveis. Mas elas não acontecerão sem esforços coordenados de milhões de pessoas dedicadas em todas as nações da terra."

 

 "Nós, os patrocinadores das Pedras Guia da Geórgia, somos um pequeno grupo de americanos que desejam chamar a atenção para problemas centrais, o dilema atual da humanidade. Nós temos uma mensagem simples para os outros seres humanos, agora e no futuro. Acreditamos que contemos verdades auto-evidentes, mas não a intenção de criar uma nova crença ou filosofia. No entanto, a nossa mensagem é em algumas áreas controversas. Optamos por manter o anonimato, a fim de evitar o debate ou a discussão, que possa confundir o nosso objetivo, e que possa levar a uma crítica de nossos pensamentos. Acreditamos que nossos preceitos são sólidos. Eles devem estar em seus próprios méritos.

 

 "Nós acreditamos que cada ser humano tem um propósito. Cada um de nós pode parecer pequeno, mas possuímos um amplo significado perante o infinito. Os alinhamentos celestes das pedras simbolizam a necessidade de a humanidade ser regida pelo princípios externos que se manifestam em nossa própria natureza e no universo ao nosso redor. Devemos viver em harmonia com o infinito."

 

"Antevemos uma fase posterior no desenvolvimento das Pedras Guia da Geórgia. Espera-se que outras pedras possam ser erigidas em círculos externos para marcar as migrações do sol e talvez alguns outros fenômenos celestiais. Estas pedras que carregam nossas palavras nas línguas de outros indivíduos, que compartilham nossas crenças e levantam pedras semelhantes, servem para lembrar as dificuldades que toda a humanidade deve enfrentar junta, e  incentivar os esforços mútuos para lidar com essas dificuldades de forma racional e com a justiça."


"Nós não recebemos nenhuma inspiração divina além do que pode ser encontrado em todas as mentes humanas. Nossos pensamentos refletem a nossa análise dos problemas enfrentados pela humanidade neste alvorecer da era atômica. Eles descrevem em termos gerais, certos passos básicos que devem ser tomados para estabelecer um equilíbrio para uma humanidade mais benevolente e duradoura com o universo.

 

"Nós, seres humanos fomos presenteados com uma pequena capacidade de conhecer e agir para o bem ou para o mal. Devemos nos esforçar para otimizar nossa existência, não só para nós mas para aqueles que virão depois de nós. E não devemos ser alheios ao bem-estar de todos os outros seres vivos cujos destinos foram colocados em nossa confiança."

 

"Nós somos os principais atores em nosso mundo, através das qualidades boas e más do espírito. Sem nós, há muito pouco de amor, misericórdia e compaixão. No entanto, podemos também ser agentes de ódio, crueldade e indiferença fria. Só nós podemos conscientemente trabalhar para melhorar este mundo imperfeito. Não nos parece suficiente simplesmente estarmos a deriva, ao sabor das correntes."

 

 "Em 1980, quando estas pedras estavam sendo levantadas, o problema mundial mais urgente era a necessidade de controlar o número de humanos. Nos últimos séculos, combustíveis e tecnologias abundantes tornaram possível uma multiplicação da humanidade muito além do que é prudente ao longo prazo sustentável. Agora podemos prever o esgotamento iminente dessas fontes de energia e o esgotamento das reservas mundiais de muitas matérias-primas vitais."

 

 "Controlar a nossa reprodução é uma necessidade urgente. Ela vai exigir grandes mudanças em nossas atitudes e costumes. Infelizmente, a inércia do costume humano pode ser extrema. Isto é especialmente verdadeiro, quando aqueles para os quais o costume é uma força dominante, são completamente alheios às necessidades eminentes dessas mudança."

 

"Quase todas as nações agora estão superpovoadas em termos de um equilíbrio perpétuo com a natureza. Somos como uma frota de barcos salva-vidas lotados confrontados com uma tempestade que se aproxima. Nos Estados Unidos da América, estamos seriamente sobrecarregando nossos recursos para manter a nossa população presente no atual estado de prosperidade. Estamos destruindo nossa terra e temos crescido perigosamente dependentes de fontes externas de petróleo, metais e outros recursos não renováveis. Nações como o Japão, Holanda e Haiti são ainda mais superpovoadas e, portanto, em maior perigo."


"Nestas circunstâncias, a reprodução já não é exclusivamente uma questão pessoal. A sociedade deve ter uma voz e um certo poder de direção na regulamentação desta função vital. Os desejos de casais humanos são importantes, mas não primordiais. Os interesses da sociedade presente e do bem-estar das gerações futuras devem ser prioritários à medida que desenvolvemos controles racionais de fertilidade.


"Irresponsáveis férteis devem ser desencorajados por pressões legais e sociais. Os casais que não podem fornecer um rendimento digno e suporte para sustentar uma criança, não devem produzir filhos, para que seja um fardo para o governo. Trazer as crianças á bordo de um barco salva-vidas superlotados é irresponsável. É também injusto para com essas crianças. É prejudicial para os outros ocupantes do barco e todas as coisas vivas. A sociedade não deve incentivar ou subsidiar esse tipo de comportamento."

 

"Conhecimento e tecnologia para o controle da natalidade já existem. Líderes morais e políticos em todo o mundo têm a responsabilidade de tornar essa tecnologia disponível para todos os seres. Isso poderia ser feito com uma fração dos recursos que o mundo agora dedica a fins militares. À longo prazo, transferindo os recursos para este fim, poderiam fazer mais do que qualquer outra iniciativa para reduzir as tensões que levam à guerra."
  
"Uma população mundial diversificada e próspera em equilíbrio perpétuo com recursos globais será a pedra angular para uma ordem mundial racional. As pessoas de boa vontade em todas as nações devem trabalhar para estabelecer esse equilíbrio.

 

"Nós convidamos os nossos companheiros seres humanos em todas as nações para refletirem sobre as nossas simples mensagens. Quando esses objetivos em algum momento alcançar a maioria da humanidade, uma ordem mundial racional poderá ser alcançada por todos."

 

 

Conclusão

 

As Guias da Geórgia são um manifesto Rosacruz moderno pedindo (ou anunciando) uma mudança drástica na forma como o mundo é gerido. O monumento é de grande importância na compreensão das forças que moldam hoje e secretamente o mundo de amanhã. Ele materializa em pedra a ligação crucial entre sociedades secretas, a elite mundial e a agenda para uma Nova Ordem Mundial. O impulso para um governo mundial, controle populacional e ambientalismo são questões que são discutidas hoje em uma base diária em eventos atuais. Eles não eram, em 1981, quando as Pedras Guia foram erguidas. Podemos dizer que um grande progresso foi feito nesta direção?

 

Muitas das regras das Pedras Guia fazem sentido para a preservação da Terra a longo prazo, mas entre as palavras idealistas dos autores das Pedras Guia e a maneira real de como essas políticas seriam aplicadas sobre as massas - por políticos sedentos de poder e ganância - existe um mundo de diferença. Lendo nas entrelinhas, as Pedras Guia exigem das massas a perda de muitas liberdades pessoais e a subversão ao controle governamental aumentado em muitas questões sociais ... para não mencionar a morte de 92,5% da população ... e provavelmente não os da "elite".

 

É o conceito de democracia "do povo para o povo", tal como idealizado pelos Pais Fundadores, uma mera ilusão, uma solução temporária até que a introdução do totalitarismo governe o mundo?

 

Tudo isso vai de encontro ao relato bíblico para o fim dos tempos, onde um número muito grande de pessoas vai morrer. A Bíblia fala sempre em largas escalas, como terça parte e dois terços (Zacarias 13:8; Apocalipse 8:7-12; 9:15,18). Hoje temos mais de 7 bilhões de habitantes em todo o mundo.

 

Fontes:
http://muitoalem2013.blogspot.com.br/2015/02/pedras-guia-da-georgia.html
http://vigilantcitizen.com/sinistersites/sinister-sites-the-georgia-guidestones/

Please reload

ESTUDOS RECENTES

March 14, 2019

July 3, 2018

Please reload

DESTAQUES

A "IGREJA" MODERNA E SEU FALSO "EVANGELHO"

21.09.2017

1/10
Please reload

CATEGORIAS
Please reload

ARQUIVOS
Please reload

INSCREVA-SE