© 2019

  • YouTube
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco

Sobre nós

No que cremos

Somos evangélicos, ou protestantes, ou o povo da cruz, ou o povo da Bíblia, mas acima de tudo, somos cristãos. O blog "A Luz do Evangelho" nasceu...

1. Deus: Cremos em um só Deus, que se manifesta em três pessoas igualmente divinas: Pai, Filho e Espírito Santo...

Nas redes

DEUS É O MESMO EM TODAS AS RELIGIÕES?

24.08.2015

 

Um discurso comum em nossos dias, diz que Deus é o mesmo em todas as religiões, mas com nomes diferentes. Esse discurso faz parte do processo de ecumenismo que estamos começando a ver ser implantado em nossos dias, que visa a união de todos os credos em nome da paz e do amor, mas esse ecumenismo é totalmente errado se temos a Bíblia como verdade absoluta, pois ele contraria a Palavra de Deus em diversos aspectos (Leia mais sobre isso aqui).

 

Na Bíblia Sagrada vemos várias vezes Deus falando sobre outros deuses, mas a mesma Bíblia diz que só existe um Deus. Ela está se contradizendo? Não. Vejamos...

 

O Deus da Bíblia é Yahweh, o criador, o único e verdadeiro Deus, o princípio e o fim de todas as coisas (Isaías 45:5; Apocalipse 22:13). No início o homem tinha total comunhão com Ele, mas devido ao pecado (escolha do homem sob influencia de uma serpente diabólica), essa comunhão foi perdida, pois Deus é Santo e não pode habitar onde há pecado.

 

 

A serpente diabólica e suas novas doutrinas

 

Gênesis 3:1-5 nos mostra como a serpente diabólica distorceu a palavra de Deus e induziu Eva ao erro. Nessa breve passagem, podemos encontrar a origem das principais crenças pagãs:

  • Certamente não morrereis: Imortalidade; Reencarnação;

  • Se abrirão os vossos olhos: Sofia; Iluminação;

  • Sereis como Deus: Deidade;

  • Sabendo o bem e o mal: Dualidade; Equilíbrio entre o bem e o mal;

Todas essas doutrinas enganosas foram ensinadas ao homem pela serpente (Satanás) e não por Deus. Todas serviram como base para a criação de todas as religiões que surgiram a seguir, que não honram ao único e verdadeiro Deus. Todas são engano (Hebreus 9:27; 2 Coríntios 4:6; Números 23:19; Isaías 5:20)!

 

Ainda no livro de Gênesis, após a queda do homem já podemos ver a rebeldia de Caim para com o Senhor (Gênesis 4:9) e seus descendentes seguiram o seu exemplo, de modo que o homem se tornou tão perverso (Gênesis 6:5-8) e tão distante de Deus que Ele decidiu destruir tudo que havia criado através do dilúvio, salvando somente Noé, e estendendo sua graça a sua família.

A partir dessa família (Sem, Cão e Jafé), o mundo foi novamente habitado, e através desses homens surgiram as primeiras civilizações que se tem conhecimento, os Mesopotâmicos: Sumérios, Assírios, Babilônios, Egípcios, entre outros (Gênesis 10). Vale lembrar que somente após a construção da torre de Babel, que tinha com objetivo afrontar ao único e verdadeiro Deus, Deus decide confundir as línguas e os povos se dispersam (Gênesis 11:7-9). Por esta razão estes povos em geral possuem características bem comuns:

  • Governo: eram baseados na centralização de poder na pessoa de um rei ou governador, geralmente deificado;

  • Religião: se tornaram politeístas, criando seus próprios deuses;

  • Conhecimento: considerados "a frente do seu tempo", esses povos sempre atribuíam seu conhecimento a revelações diretas dos "deuses" numa espécie de iluminação, assim passaram a praticar tudo aquilo que o Senhor abominava: magia, astrologia, espiritismo, adivinhação, sacrifícios humanos, etc.

 

Quando estudamos mais a fundo os Sumérios, por exemplo, encontramos o relato comum de que os seus "deuses" desceram dos céus e lhes revelaram seus conhecimentos. Esses "deuses" gigantes eram chamados de "Anunnaki" que significa "aquele que desceu dos céus" e seriam habitantes de um planeta chamado Nibiru que significa, “planeta da passagem", pois possuiria uma órbita diferente da nossa que levaria 3.600 anos para se reaproximar da Terra, segundo a lenda. Nesses "deuses extraterrestres" estariam as respostas para a origem da vida e todo "conhecimento oculto" revelado aos povos da antiguidade, segundo a crença pagã. Esses ensinos são muito comuns entre os povos da antiguidade e servirá para conduzir o mundo a operação do erro (2 Tessalonicenses 2:11) no final dos tempos.

 

Destaque para a constelação perfeitamente ilustrada. Repare também que o deus sentado no trono é do mesmo tamanho dos outros que estão de pé, sugerindo assim que ele seria um gigante. 

 

 

Veja algumas das muitas semelhanças entre esses povos da antiguidade (maias, egípcios e balineses):

 

 


Tendo em mente que Satanás usou a forma de uma serpente para enganar Eva (Apocalipse 20:2), dando assim origem ao primeiro pecado humano, e ao fato de a Bíblia nos revelar que ele se transfigura, isto é, assume a aparência, até de um anjo de luz para enganar o homem (2 Coríntios 11:14), não é nada absurdo o relato comum entre esses povos, de que seu "conhecimento superior" vinha dos "deuses". Quem seria esse se revelando e ensinando ao homem práticas abomináveis ao único e verdadeiro Deus, enganando o homem e o levando para longe de seu criador, roubando para si a glória que pertence somente ao Pai?

 

 

O politeísmo e a origem da falsa trindade

 

A Bíblia nos mostra em Gênesis 4:16-24 que a geração que descendeu de Caim foi se tornando cada vez mais rebelde em relação ao Senhor, veio o dilúvio, mas a rebeldia não parou por aí. Tudo indica que essa rebeldia teve seu ápice novamente com Ninrode (que significa "rebelar"). O Talmude Babilônico (Erubin 53a) declara: "Então, por que foi ele chamado de Ninrode? Porque incitou todo o mundo a se rebelar (himrid) contra a Sua soberania."

 

Ninrode foi o fundador de Babel (Gênesis 10:8-10), que segundo a história acreditava ser mais poderoso que Deus, se declarando o dono do Sol, ele não tinha escrúpulos e se casou com sua própria mãe. Após sua morte, sua mãe Semíramis, engravidou de Tamuz a quem disse ser a reencarnação de Ninrode (o deus sol que a Bíblia chama de Baal). Assim Satanás dá ao povo a primeira grande imitação da trindade divina, pai (deus sol), mãe ("Rainha do Céu" e "deusa da Lua") e filho "reencarnado", nascido de forma "milagrosa" (lembre-se que Ninrode já estava morto quando sua mãe engravidou).

 

Seguindo este mesmo padrão, os povos que vieram após a confusão das línguas mantiveram o culto a falsa trindade, pai, mãe e filho "reencarnado", mudando apenas seus nomes e aparências. Baseados na falsa trindade babilônica (Ninrode, Semíramis e Tamuz) encontramos:

 

Egito: Osíris, Ísis e Hórus;

 

Índia: Brahma, Vishnu e Shiva;

  Repare o arco solar por trás da cabeça.

 

 

Grécia: Zeus, Alcmena e Hércules;

 

 

Roma: Júpiter, Juno e Minerva;

 

Roma "cristianizada": José, Maria e Jesus.

  Repare o arco solar por trás da cabeça.

 

 

As principais religiões politeístas encontradas hoje possuem crenças e filosofias que mesclam as doutrinas ensinadas pela serpente no Jardim do Éden com os ensinos dos "deuses" da antiguidade. Todas culminarão em um ponto comum, o anticristo ou falso cristo (Marcos 13:6):

  • Judeus: Aguardam a chegada do Messias (não reconheceram Jesus Cristo);

  • Muçulmanos Aguardam a chegada de Mahdi ou Al'Qaim;

  • Hindus: Aguardam a chegada de Kalki;

  • Budistas: Aguardam a chegada do Buda Maitreya;

  • Nova Era: Aguardam a chegada do Maitreya;

  • Cristãos: Aguardam o retorno de Jesus (2 Tessalonicenses 2:3-4). 

 

Ao que tudo indica o golpe final de Satanás será unir todos os credos que ele vem ensinando ao longo dos séculos em um único, centralizado na pessoa do falso cristo, que estará inteiramente sob seu comando, assim o mundo terá um único deus, que não o Deus verdadeiro (Apocalipse 13:4-8).

 

 

A Bíblia chama esses falsos deuses de demônios

 

Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa? Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios." 1 Coríntios 10:19,20

 

Aqui claramente a Bíblia nos revela quem está por trás dos ídolos, quem engana o homem o levando para longe de Deus. O mesmo que estava por trás da serpente e dos deuses da antiguidade. Satanás.

 

"Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais." Efésios 6:12

 

O primeiro mandamento do Senhor ao povo de Israel diz: “Não terás outros deuses diante de mim;" Deuteronômio 5:7, mas mesmo assim muitos reis de Israel cultuavam a Baal, deus sol de outras culturas, entre muitos outros. 

 

Deus sempre provava ao povo que Ele era maior do que aqueles "deuses". Fez isso com os "deuses" egípcios através das dez pragas; Fez isso através de Elias contra os 450 profetas de Baal (1 Reis 18:22-46); Fez isso quando os filisteus pegaram a arca da aliança (1 Samuel 5:1-12)... A verdade é que não haviam outros "deuses", mas sem dúvida havia um poder maligno por trás realizando tais sinais para que aqueles profetas continuassem a adorar aos demônios, achando que alí havia um deus.

 

 

Só há um Deus verdadeiro

 

A Biblia diz: "Eu sou o Senhor, e não há outro; fora de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que tu não me conheças;" Isaías 45:5

 

Então se só existe um único Deus, por que Ele não acaba com tudo isso de uma vez? Alguns já pensaram ou podem pensar isso, e a Palavra Dele nos responde: Vemos na Bíblia que Deus não é um ditador, mas um Senhor zeloso, que pune, que ensina, que orienta e nos deixa tomar a decisão final. Sempre temos dois caminhos a seguir, um que nos leva a perdição e outro que nos leva a vida eterna. Por isso que Jesus disse, “aquele que têm os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama” João 14:21.

 

"Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência," Deuteronômio 30:19

 

Paulo escreve em 2 Timóteo 4:3 e nos ajuda também nessa questão. As pessoas querem um deus segundo sua vontade, que se enquadre na sua personalidade e não lhe exija grandes mudanças. A verdade é que muitas pessoas em Israel não queriam seguir os mandamentos, e achavam nos "deuses" das outras culturas mais facilidade do que ser obediente as leis do único e verdadeiro Deus.
 

A estratégia do inimigo das nossas almas está sempre mudando sua aplicação, mas a base é a mesma desde o Éden, indução ao erro, para continuar a levar pessoas à perdição. Vemos já nos nossos dias um ensinamento totalmente anti-bíblico, de que ao invés de vários deuses, como relatado na antiguidade, deus é o mesmo para todas as religiões, porém com nomes diferentes. As pessoas afirmam que todas as religiões levam a Deus, mas a Palavra do nosso Senhor diz que exatamente o contrário: só Jesus Cristo reconcilia o homem com Deus (João 14:6). Aí Satanás vem e diz que Jesus é Buda, é Maitreya, Jesus está até no Alcorão... Novamente distorcendo a verdade e induzindo ao erro.

 

Muitos acreditam em Jesus ou simpatizam com a pessoa Dele, e adaptam parte de Seus ensinos, mas não seguem o Evangelho. Se não seguem os ensinos de Jesus, seguem suas próprias doutrinas, como Paulo nos alerta nos textos de Timóteo.

 

Buda, Maria, Jorge, Zeus, Alá, Kardec, Darwin, ETs... Todas as religiões não têm um mesmo deus. A sinceridade das pessoas podem fazer-las até achar que estão servido ao único Deus, mas na verdade estão aprisionadas pelas armadilhas do maligno e só conseguirão ser libertas através de um encontro pessoal com o único e verdadeiro Deus vivo, Yahweh, através de Cristo Jesus. Podem fazer caridade, ajudar ao próximo, mas ninguém vai ao Pai se não por Jesus. É o que a Bíblia diz!

 

Como Paulo alerta a igreja de Corinto, somos alertados hoje também. Não vamos ter comunhão com as trevas, nem fazer deuses e religiões segundo a nossa própria vontade. Jesus disse: "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus." Mateus 7:21

 

Essas pessoas só poderão ser libertas dessa armadilha espiritual com a pregação do Evangelho genuíno. Faça sua parte, pois a instrução é ir e pregar o Evangelho a toda criatura!

 

"Porque todos os deuses dos povos são ídolos, mas o Senhor fez os céus." Salmos 96:5

 

"Não vos assombreis, nem temais; porventura desde então não vo-lo fiz ouvir, e não vo-lo anunciei? Porque vós sois as minhas testemunhas. Porventura há outro Deus fora de mim? Não, não há outra Rocha que eu conheça. Todos os artífices de imagens de escultura são vaidade, e as suas coisas mais desejáveis são de nenhum préstimo; e suas próprias testemunhas, nada vêem nem entendem para que sejam envergonhados. Quem forma um deus, e funde uma imagem de escultura, que é de nenhum préstimo?" Isaias 44:8-10

 

Paz do Senhor seja contigo!

Please reload

ESTUDOS RECENTES

March 14, 2019

July 3, 2018

Please reload

DESTAQUES

A "IGREJA" MODERNA E SEU FALSO "EVANGELHO"

21.09.2017

1/10
Please reload

CATEGORIAS
Please reload

ARQUIVOS
Please reload

INSCREVA-SE